InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Lick your rats

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
BasmatiRice
Admin
avatar

Feminino Mensagens : 405
Data de inscrição : 01/03/2012
Idade : 29
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Lick your rats   Ter Jun 04, 2013 11:41 am

Nao sabia se metia isto aqui, na genetica ou na reproducao, de modo que fica aqui, se acharem que mereça mudar de thread estao à vonrade Razz

http://learn.genetics.utah.edu/content/epigenetics/rats/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Siwain
Admin
avatar

Feminino Mensagens : 413
Data de inscrição : 01/03/2012
Idade : 33
Localização : Algarve

MensagemAssunto: Re: Lick your rats   Qua Jun 12, 2013 1:01 pm

Tudo o que é dito no site faz muitíssimo sentido! E não será, com certeza, só nas ratazanas que se pode observar este fenómeno... imagino que isto seja igual ou parecido para todos os mamíferos, inclusive nos humanos. Só serve para mostrar o quão importante é o cuidado nos inícios da vida, não só físico mas também psicológico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.ratz.pt
maria-mar
Admin
avatar

Feminino Mensagens : 1472
Data de inscrição : 10/02/2012
Idade : 29
Localização : Leira

MensagemAssunto: Re: Lick your rats   Qua Jun 12, 2013 1:11 pm

Que estudo fantástico! Very Happy
É preciso partilhar no facebook do fórum, até porque está muito bem apresentado.

Num exercício, tentando aplicar esta informação à minha última ninhada... a Polly foi uma mãe extremamente carinhosa e dedicada. Amamentou os bebés até bem depois de um mês de idade e lambia-os bastante. Desta ninhada saíram três ou quatro bebés mais medrosos e ansiosos que os outros (a maioria fêmeas) e outros quatro ou cinco que, digo-o sem querer parecer convencida mas sendo realista, são os bebés mais queridos e calmos que conheci em toda a minha vida (a maioria são machos). O contraste entre bebés calmos e bebés ansiosos será assim um resultado genético ou uma consequência da dificuldade da mãe em dar resposta a uma ninhada bem grande (doze)?

Observando o comportamento de lamber... o pai da ninhada lambe as minhas mãos compulsivamente e em resposta quando lhe faço carinho. Para continuar a linhagem, escolhi o bebé (macho) que mais reproduzia este comportamento. A mãe no entanto, não tem este hábito. Fiz esta selecção do progenitor e do filho porque gosto de ratzos bem calmos e pessoalmente aprecio o comportamento de lamber.

Mas será que o comportamento de lamber e a personalidade calma estão associados? Mesmo numa ratazana adulta?

_________________
www.ratzforum.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
BasmatiRice
Admin
avatar

Feminino Mensagens : 405
Data de inscrição : 01/03/2012
Idade : 29
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Lick your rats   Qua Jun 12, 2013 7:13 pm

Eu achei o artigo interessante Smile e mostra a necessidade de optar por mães que à partida sabemos que são mais atenciosas.

Foi engraçado porque na altura estávamos a falar acerca do efeito do ambiente versus genética, porque de vários estudos de recuperação de populações selvagens concluiu-se que o ambiente tinha um papel mais importante que a genética em termos de características não físicas, como o medo e a agressividade...

Mas depois também temos aquela experiencia com raposas para peles em que pegaram nas raposas mais dóceis, procriaram-nas e ao fim de x gerações ficaram basicamente com cães Razz

Relativamente à idade adulta não faço ideia se tem alguma relação, mas pode ser que sim, à partida um bicho que lambe mais é um bicho mais sociável, logo, mais dócil, mas é mera especulação lol
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Siwain
Admin
avatar

Feminino Mensagens : 413
Data de inscrição : 01/03/2012
Idade : 33
Localização : Algarve

MensagemAssunto: Re: Lick your rats   Qua Jun 12, 2013 11:01 pm

Maria, acredito plenamente que tens razão quando sugeres que o tamanho da ninhada influencia. Tinha pensado eu mesma nisso quando li o artigo: quantos mais filhotes, seja de que especie do reino animal for, mais dificilmente a mãe poderá prestar cuidados uniformemente pelas crias. Haverá sempre aquelas que têm menos sorte no que respeita aos cuidados, seja por serem mais pequenas e fraquinhas ou por uma questão de pura sorte. E como é óbvio, isso depois reflectir-se à nos filhotes que tiveram menos atenção, menos cuidados e menos comida: serão, por norma, mais ansiosos do que os mais robustos.

Para dar um exemplo, os meus dois cães vieram de ninhadas grandes. São de raças distintas (Labrador e Rafeiro Alentejano), o que poderá ser um factor relevante na diferença entre os dois, mas acredito que seja também relevante o início de vida que ambos tiveram:

- o Labrador nasceu numa ninhada de oito, de uma mãe muito jovem com apenas um aninho de idade. Era inexperiente e impaciente e fugia frequentemente das crias. Os donos colocavam barreiras de forma a que a mãe conseguisse fugir dos pequenos, impossibilitando que estes a seguissem. O meu labrador é um cão que sofre de ansiedade de separação extrema. Tem comportamentos compulsivos, como lamber a cadela até abrir ferida e temos de estar constantemente de olho nele para que ele a deixe em paz.

- a Rafeira Alentejana nasceu de uma ninhada de nove. A mãe dos cães era experiente - tinha tido várias ninhadas, calma (como é comum na raça) e muito equilibrada. Ela nunca tentava fugir dos cachorros, e os donos não colocavam algum tipo de barreira que facilitasse a sua fuga mesmo que tivesse tentado. No entanto, os donos entendiam que era difícil para a mãe amamentar uma ninhada tão grande e por isso, várias vezes por dia, prendiam metade dos cães numa divisão para que a outra metade pudesse mamar calmamente, e quando o primeiro grupo acabava de comer, trocavam, libertando o segundo grupo e prendendo o primeiro. Esta tecnica ajudou, sem dúvida, a que os cães sentissem uma segurança muito maior já que nunca terão sentido a necessidade de lutar pela comida e logo pela sobrevivência.

Isto, claro, são especulações nossas cá de casa. Mas no entanto acho que faz bastante sentido.


Última edição por Siwain em Qui Jun 13, 2013 8:33 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.ratz.pt
maria-mar
Admin
avatar

Feminino Mensagens : 1472
Data de inscrição : 10/02/2012
Idade : 29
Localização : Leira

MensagemAssunto: Re: Lick your rats   Qui Jun 13, 2013 12:07 am

Siwain, a Polly por muito carinhosa que fosse, quando os doze bebés começaram a ter dentinhos e a saber trepar não tinha descanso. Ficava deitada na gaiola toda esparramada, com um ar miserável. Assim, todos os dias a retirava de junto dos bebés durante no mínimo 30 minutos, que ela passava a dormir, dormir, dormir...

Isto a respeito do que faziam os donos da mãe da tua Juno ^^

_________________
www.ratzforum.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Siwain
Admin
avatar

Feminino Mensagens : 413
Data de inscrição : 01/03/2012
Idade : 33
Localização : Algarve

MensagemAssunto: Re: Lick your rats   Qui Jun 13, 2013 8:34 am

Coitadinha, doze bebés deve ser uma dose... Shocked
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.ratz.pt
maria-mar
Admin
avatar

Feminino Mensagens : 1472
Data de inscrição : 10/02/2012
Idade : 29
Localização : Leira

MensagemAssunto: Re: Lick your rats   Sab Jun 15, 2013 1:04 pm

Vou mudar este post para genética, sim BasmatiRice? Também dava pra comportamento... se achares melhor diz Wink

_________________
www.ratzforum.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Lick your rats   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Lick your rats
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Criação :: Criação e genética-
Ir para: